Casa / Colunista / Seu medo te limita?
Cosméticos e perfumaria com preços especiais!

Seu medo te limita?

Recentemente, durante uma sessão de auriculoterapia, ouvi de uma cliente que o desejo dela era não ter medo de nada. Temos uma falsa ilusão de que não sentir medo é o segredo para o sucesso profissional, para progredir, para ser feliz… de antemão já te afirmo que o medo é natural do ser humano e até mesmo necessário tê-lo, nos ajuda a manter nossa sobrevivência auxiliando na prevenção de ferimentos.
E quando este sentimento nos domina? Quando deixa de ser saudável e vira uma fobia?
Conheço pessoas que possuem medo de ter medo e sofrem constantemente por este fato, e seguem estagnadas, neste sofrer sem ação, pois é o medo da ação que as paralisa. O medo de viver o novo. De enfrentar os desafios diários. Mas, precisamente de fracassar.
Em uma das composições de Paulo Coelho e Raul Seixas – Medo da chuva – retratam em seus versos a importância da ação, de enfrentar o medo e de aprender com o que cada situação vivida pode nos ensinar: “Eu perdi o meu medo, o meu medo/O meu medo da chuva/Pois a chuva /voltando pra terra/Traz coisas do ar/Aprendi o segredo, o segredo/O segredo da vida/Vendo as pedras que choram/Sozinhas no mesmo lugar”
Vivemos com a sensação de que a grama do vizinho é mais verde, de que o outro é mais feliz, tem mais amigos, conquista mais coisas e por aí vai… e ficamos como as pedras da canção, chorando eternamente no mesmo lugar.
Já pensou em vencer o medo que te paralisa? De ter sucesso financeiro? De ter uma grama verdinha? De sorrir mais?
Termos consciência de que vista de perto, a grama do vizinho não é tão verde assim, e que o tom de verde adquirido naquela folhagem, também pode ser adquirido na minha, que ninguém é permanentemente feliz, que constantemente temos que enfrentar novos desafios e que é preciso fazer escolhas, e esta ação gera ganhos e percas, é um passo inicial que dever ser seguido de mudança de padrão de pensamento. Sabe aquela vozinha que fica nos deixando pra baixo, acreditando que não somos capazes, que vamos fracassar e que não vale a pena tentar? Transforma o medo natural em algo de domínio maior e de difícil resolução. Então, domine esta vozinha abusada, afirme todos os dias pra você mesmo que é você quem tem domínio de seus pensamentos, que escolheu a partir de hoje não mais dar vez a ela. Dominar o que se pode dar foco e os rumos que seus pensamentos podem dar é seu papel. Ninguém pode fazer isso por você!
Assuma as rédeas de seus pensamentos. Pensamentos levam a sentimento, sentimentos conduzem para as ações e ações geram resultados.
Faça uma lista de seus medos e posteriormente se pergunte como você seria se superasse este medo. Se questione o que pode ocorrer se der errado. Se fracassar ou se desistir de tentar. Observe seu corpo, tente se imaginar superando as reações que ele produzir.
Vale afirmar que toda transformação de hábitos e pensamentos é um processo que necessita de disciplina e foco. Dê ao medo o que ele tem medo. Sabe o quê? Ação. Ela cura o medo. Se precisar, procure ajuda, mas não fique como as pedras, chorando sozinhas no mesmo lugar.
Isso mesmo. Enfrente. Acredite.
E aí? Vai iniciar o percurso de superar o medo que te paralisa?

Sobre Antenor Gonçalves Neto

Jornalista - DRT 18587/MG

Verifique também

A dádiva do momento presente

É muito comum termos a sensação de que o tempo está passando rapidamente e que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

 

Open chat
1
Olá!
Em que podemos ajudá-lo!

Clique aqui e fale com a gente!